Estudo para transporte aquaviário na Barra pode custar até R$ 1,3 milhão

Quem mora na Barra da Tijuca já pode ir preparando o seu Dramin. Como o secretário de Transportes, Fernando Mac Dowell, tinha adiantado ao jornal

No Dia do Repórter, a mensagem ao estagiário

O foco desse humilde blog não é falar de jornalismo. É poder exercer um pouco o prazer de passar notícias, apuradas pelo autor, com liberdade

Plantou morteiro, colheu título

Em época de protestos, recordar é viver. Então, é provável que muitos de vocês se lembrem de uma cena, registrada em setembro de 2013, de

Pezão descumpre limite mínimo de despesa em saúde. E daí?

Ok, o governo estadual já está cheio de problemas, mas, ao que me parece, há mais um bom pepino no balanço orçamentário de 2016. O

A conexão Anil-Nova Iguaçu-Uruguai, via prefeitura do Rio

Quem tiver respostas, ou apenas uma dica que seja, vai ganhar, gratuitamente de graça, uma mariola do blog. Vamos lá então. Por que uma empresa

A canetada que Cabral tomou na frente do Copacabana Palace

Entre as zilhões de coisas ligadas ao Cabral já encontradas, acharam até um carro que, pasmem, estava no nome dele mesmo: um Hyundai Azera, que

A morte das cabras do assessor de Cabral

Andam causando um certo burburinho os piripaques de Sérgio Cabral na cadeia. Mas o que me interessa mesmo nessa história são os “parentes” do ex-governador

Falência do Porcão: acabou a picanha. E o dinheiro dos aposentados do Tocantins

  Nesta segunda-feira, a turma da coluna do grande Ancelmo Gois, do Globo, adiantou a falência do Porcão. Agora, alertado por um leitor (sim, temos

Informações sobre violações a crianças e adolescentes: página em branco no Rio

O relatório que aprova as atividades do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), da cidade do Rio, traz, nesta terça-feira, lá

Sobrou até para os alfaiates dos ternos de Cabral

Algumas curiosidades dos processos envolvendo o ex-governador Sérgio Cabral me atraem. Em manifestação publicada nesta segunda-feira, o Ministério Público Federal fez uma comparação curiosa. Então,

1 25 26 27 28